quinta-feira, agosto 16, 2007

A ESTRELA...




Olhei distraído o céu estrelado…
Senti a magia da noite escura…
Soltei as asas do meu sonho alado,
E vi uma luz à minha procura.
Cada estrela…um brilho diferente…
Que reflectia nos meus olhos brilhantes,
Sem querer…parei de repente…
Fechei os olhos por meros instantes.
Uma estrela ardia brilhando…
E distinguia-se no céu prateado…
Fiquei parado…sentindo…olhando…
E vi o teu rosto no céu espelhado.
Na imensidão das estrelas brilhantes…
Quis dar-lhe um nome que não fosse o meu…
E mesmo sabendo que estão distantes…
Naquela estrela… vou ler sempre o teu!

2 comentários:

Um Momento disse...

Lindo...mas lindo este poema
E nas estrelas a brilhar eu vou sonhar
Beijo de bom fim de semana
(*)

Anónimo disse...

Quantas vezes o céu estrelado
é o cumplice da nossa solidão
dos nossos pensamentos
e toda essa luz nos inunda
e nos faz divagar, nos leva para outras paragens...
Viste o meu rosto ...e na estrela leste o meu nome...e vais lê-lo sempre...
Fiquei encantada...pois brilhas mais que as estrelas!
bj
LL